Neon do Século 21

Tempo de leitura: 1 minuto

Um pouco de história é sempre muito interessante. E quero falar hoje sobre os quase centenários Letreiros em Neon.

De acordo com a wikipedia
História. O néon (do grego néos = novo) foi descoberto em 1898 pelos químicos ingleses William Ramsay (1852-1916) e Morris Travers (1872-1961) em Londres. Eles foram introduzidos nos Estados Unidos em 1923, quando dois grandes letreiros de neon foram comprados por uma concessionária de carros de Los Angeles.

E já no final do século 20 a tecnologia do LED se expandiu e agora no século 21 ganhou escala e consequente redução de custos.

O LED é um diodo semicondutor (junção P-N) que quando é energizado emite luz visível – por isso LED (Diodo Emissor de Luz). … Essa recombinação exige que a energia possuída pelos eletrons seja liberada, o que ocorre na forma de fótons de luz.

Hoje temos infinitos tipos de LED para as mais diversas aplicações.

E uma delas é justamente na comunicação visual para a produção de letreiros que simulam os antigos letreiros luminosos de gás Neon.

E agora não são de vidro, não esquentam, não precisam de transformadores e tem uma fabricação muito mais simples.

Neon Tradicional em vidro e c com gás – foto: Google

Abaixo Neon Led atual

A produção dos Neons ganhou muita precisão atráves do uso do corte em CNC das bases onde é fixada o Led em Silicone Extrudado que provem a iluminação. E a montagem segue o processo manual executado por profissionais que querem todo o dia fazer brilhar novos letreiros. São 10 diferentes cores, todas com muita difusão de luz e destinadas tanto ao uso nos mais variados ambientes profissionais como em ambientes residenciais como parte da decoração.

A Pino é pioneira no Brasil na produção de letreiros luminosos em neon LED fabricando letreiros luminosos sob encomenda e comercializando frases prontas através de sua loja virtual.

Saiba mais em nosso site e loja virtual.